Um Barqueiro Solitário

Mariana, 05 de novembro de 2015. O mundo assistiu com perplexidade ao maior desastre ambiental de todos os tempos, ocorrido em terras brasileiras que ficaram totalmente devastadas, transformando em lama o que se construiu com concreto, com luta, com esperança, com vida… com amor!
Amparada pelo sustento que a natureza gratuitamente doa à população, o Rio Doce, caudaloso e de águas cristalinas, entregou ao pescador recursos naturais indispensáveis aos seres vivos, além de sua grande importância cultural, social, econômica e histórica. A psicultura é uma das atividades econômicas propiciadas pelos rios e um dos fatores fundamentais para a atividade pesqueira, é a qualidade das águas, que necessita estar em condição adequada para a manutenção da vida saudável dos peixes e em equilíbrio dinâmico com o ecossistema.
A flora e a fauna, inclusive a espécie humana, consomem águas de rios que necessitam de qualidade para os seus diversos usos. “O direito humano à água é indispensável para conduzir a vida humana com dignidade”.
Assistindo a uma reportagem exibida em um dos canais de televisão, vi emocionada um barqueiro-pescador recolhendo uma de suas redes jogada no rio, e dentro dela peixes lamentavelmente mortos. A única água cristalina que contrastava com a água lamacenta do rio, foi a que caiu dos olhos do pescador que na profundeza de sua alma não conseguiu imaginar como deverá proceder para se manter e à sua família com a dignidade que a natureza lhe doou, franqueando nas águas do rio o sustento sem favor, a esperança, pelo resultado, a construção, pela força do espírito e a vitória, pela força do amor.
Se de alguma forma, o ser humano cresce na proporção que o sofrimento lhe impõe, o Barqueiro Solitário voltará à vida acreditando que a fé no Supremo Criador devolverá às lágrimas o translúcido fulgor que as águas do rio a elas se misturavam.

Liana Franca – Delegada de Polícia Civil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: